Knight Center
Knight Center

Blog JORNALISMO NAS AMERICAS

Repórter de site americano se demite após acusações de plágio




Na última quinta-feira, 13 de outubro, uma repórter do site Político se demitiu após ser acusada de cometer plágio de artigos previamente publicados por The New York Times, Associated Press e outros veículos, de acordo com o The New York Times.

A jornalista Kendra Marr apresentou sua demissão após uma avaliação de editores do site de notícias que concluiu que os artigos de Marr tinham "similaridades problemáticas com trabalhos de outros colegas", segundo uma nota editorial publicada no Político. "Um dos princípios invioláveis do jornalismo, algo que defendemos no Político, é que o que publicamos deve ser genuinamente nosso", diz a nota dos editores, que também se desculparam com os "colegas jornalistas, concorrentes" e leitores.

De acordo com Político, "os problemas com atribuição inadequada" foram achados em ao menos sete artigos relacionados com temas de transporte. No entanto, a nota editorial não usou em nenhum momento a palavra "plágio", observou o blog Regret the Error.

O plágio foi descoberto quando um colaborador independente do The New York Times enviou um e-mail aos editores do Politico, que revisaram de imediato os artigos publicados por Marr, explicou o jornal Washington Post.

Eric Wemple do Washington Post faz uma comparação minuciosa de uma das matérias que Marr, ex-funcionária do Washington Post, "pega emprestado" de um artigo do New York Times sobre as tarifas propostas para os passageiros de avião. "Na maior parte do artigo, parece que Marr realizou uma reescritura da publicação do Times," conclui Wemple. Outra análise de Wemple pede que Político "seja mais transparente" e publique cada um dos artigos plagiados com seus respectivos originais.

The International Business Times ressaltou que Marr já teve problemas éticos no passado, como estudante no Medill Innocence Project da Universidade Northwestern. "Ela falsamente disse ser empregada do Censo para obter informação para uma tarefa da classe". Marr foi estudante de David Protess, lider do Innocence Project que foi obrigado a renunciar depois que autoridades universitárias descubriram que ele havia mentido e alterado registros.


Other Related Headlines:
» Centro Knight (Jornalista do Washington Post é suspensa por plágio)

No comments

Comentar

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.
By submitting this form, you accept the Mollom privacy policy.


Assine o boletim semanal

Receba nosso boletim semanal sobre jornalismo nas Américas.

Escolha seu idioma:

English
Español
Português

Por favor, digite seu e-mail:

Facebook

Comentários recentes