Knight Center
Knight Center

Blog JORNALISMO NAS AMERICAS

Equipe de jornalistas da Globovisión é impedida de cobrir reunião presidencial na Venezuela



Na segunda-feira, 28 de novembro, uma equipe de reportagem da emissora de televisão Globovisión foi impedida por funcionários do governo federal de cobrir um encontro entre o presidente venezuelano Hugo Chávez e o colombiano Juan Manuel Santos em Caracas, capital do país, informou o Instituto Imprensa e Sociedade (IPYS).

A repórter Carolina Alcalde, o cinegrafista Luis Lara e o assistente Freddy Martínez não puderam participar da reunião, apesar de terem enviado suas credenciais de jornalistas à assessoria de imprensa do Palácio Presidencial, segundo IPYS. Após o início do evento, os funcionários alegaram que a Globovisión não tinha permissão para participar, pois havia enviado as credenciais fora do prazo. A participação de outros canais privados foi permitida.

Não é a primeira vez que equipes da emissora enfrentam dificuldades para realizar seu trabalho jornalístico. Recentemente, dois episódios de agressões promovidas por partidários de Chávez contra jornalistas do canal privado evidenciaram a já conhecida relação conflituosa mantida com o governo. A Globovisión ainda enfrenta vários processos judiciais e administrativos que podem levar à sua extinção. Em um deles, o canal foi multado em mais de US$2 milhões por uma cobertura jornalística.

O presidente Chávez frequentemente se coloca contra a TV e já advertiu o canal a mudar de linha editorial.



No comments

Comentar

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.
By submitting this form, you accept the Mollom privacy policy.


Assine o boletim semanal

Receba nosso boletim semanal sobre jornalismo nas Américas.

Escolha seu idioma:

English
Español
Português

Por favor, digite seu e-mail:

Facebook

Comentários recentes