Knight Center
Knight Center

Blog JORNALISMO NAS AMERICAS

Comissão mexicana investiga agressão de militares contra três repórteres



A Comissão Nacional de Direitos Humanos (CNDH) do México investigará agressões de militares contra três repórteres que cobriam uma operação em Nuevo Laredo, no estado de Tamaulipas, no nordeste do México, informou o jornal El Universal.

O repórter Antonio Neftalí Gómez, da Radio Voz, o correspondente da TV Azteca Abisai Rubio e o cinegrafista Ricardo Ramírez, da mesma emissora, foram agredidos com socos e chutes. "Torceram meus dedos e bateram em mim. Tentamos falar com oficial do Exército, mas ninguém prestou atenção", denunciou Rubio.

Segundo La Jornada, a CNDH pediu ao Exército que implemente medidas para proteger os jornalistas agredidos. Um comunicado da comissão observa que operações de combate ao crime não são justificativa para agredir jornalistas.

Organizações como o Comitê para a Proteção de Jornalistas vêm denunciando há meses agressões praticadas pelas forças de segurança mexicanas contra profissionais da imprensa. O Exército criticou o incidente em Nuevo Laredo e prometeu investigar o caso e responsabilizar os autores das agressões.


Other Related Headlines:
» “Urge frenar ataques a periodistas” (El Universal)

No comments

Comentar

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.
By submitting this form, you accept the Mollom privacy policy.


Assine o boletim semanal

Receba nosso boletim semanal sobre jornalismo nas Américas.

Escolha seu idioma:

English
Español
Português

Por favor, digite seu e-mail:

Facebook

Comentários recentes