Knight Center
Knight Center

Blog JORNALISMO NAS AMERICAS

Advogado é assassinado em Honduras após denunciar abusos de policiais à imprensa




Um advogado foi assassinado em Honduras, na terça-feira 17 de janeiro, três dias depois de denunciar à imprensa abusos e tortura por parte de policiais, informou a organiza C-Libre.

José Ricardo Rosales disse ao diário El Tiempo que alguns policiais torturavam os presos e abusavam das mulheres na cidade de Tela, Norte de Honduras, segundo a Associated Press.

O advogado foi morto a tiros ao sair de casa, onde também mantinha seu escritório, de acordo com o La Prensa. De acordo com a publicação, 74 advogados foram assassinados em Honduras nos últimos três anos. Desde 2010, 17 jornalistas foram mortos. Honduras se transformou no segundo país mais perigoso para a imprensa nas Américas.

O advogado defendeu Marco Joel Álvarez, conhecido como El Unicornio, quando ele foi acusado de assassinar o jornalista David Meza. Álvarez foi absolvido em novembro de 2011, segundo o La Tribuna.



No comments

Comentar

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.
By submitting this form, you accept the Mollom privacy policy.


Assine o boletim semanal

Receba nosso boletim semanal sobre jornalismo nas Américas.

Escolha seu idioma:

English
Español
Português

Por favor, digite seu e-mail:

Facebook

Comentários recentes