Knight Center
Knight Center

Blog JORNALISMO NAS AMERICAS

Repórter é agredido por supostos membros de facção criminosa no México




Um repórter independente foi fisicamente agredido por supostos membros de uma facção criminosa no Estado de México, no dia 18 de abril, informou o site Al Margen.

Três homens tomaram a câmera do jornalista Óscar Balderas e o agrediram. Um dos criminosos chegou a apontar uma arma para a cabeça do repórter, de acordo com o site Una Fuente.

“Já sabem que não queremos vocês aqui”, disse um dos homens, que se identificou como membro de uma facção criminosa, segundo a organização Artigo 19.

Balderas cobre temas políticos e ligados ao crime organizado para veículos como o jornal El Universal e o site ADN Político. Após a agressão, o jornalista apresentou uma denúncia ao Ministério Público e escreveu em sua conta no Twitter: “Reafirmo o que disse: essa profissão não dá espaço para mártires. Os jornalistas são mais úteis vivos do que mortos".

A Artigo 19 destaca que esse não se trata de um caso isolado. Outros jornalistas já foram agredidos no município de Huixquilucan, Estado de México. Já foram exigidas dos governantes medidas para proteger a liberdade de expressão na região.



No comments

Comentar

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.
By submitting this form, you accept the Mollom privacy policy.


Assine o boletim semanal

Receba nosso boletim semanal sobre jornalismo nas Américas.

Escolha seu idioma:

English
Español
Português

Por favor, digite seu e-mail:

Facebook

Comentários recentes