Knight Center
Knight Center

Blog JORNALISMO NAS AMERICAS

Repórter policial e o filho dela desaparecem no México




Uma repórter policial mexicana e o filho dela estão desaparecidos desde a madrugada do dia 8 de junho, informou o jornal Milenio.

Stephania Cardoso, repórter do jornal Zócalo, da cidade de Saltillo, no Norte do México, foi vista pela última vez com o filho de 2 anos durante a celebração do Dia da Liberdade de Expressão, no dia 7 de junho, de acordo com o El Universal. A jornalista saiu da festa por volta de 2h e avisou aos colegas que tinha chegado bem em casa, segundo a Organización Editorial Mexicana.

No dia seguinte, Cardoso não apareceu no trabalho. De acordo com familiares dela, a casa da jornalista estava bagunçada e a câmera fotográfica dela, destruída, segundo o Reforma. O carro da repórter também desapareceu.

A Procuradoria-Geral da República investiga o caso, enquanto o governador do fronteiriço estado de Coahuila pediu ao Ministério Público que investigue o desaparecimento da repórter, segundo o Zócalo de Saltillo.

A jornalista havia publicada matérias sobre operações para localizar automóveis roubados, acidentes de trânsito e assaltos a lojas, segundo o El Tribuno.

Em janeiro de 2010, um repórter do Zócalo de Saltillo foi sequestrado e assassinato, segundo o diário El Siglo de Torreón, também no estado de Coahuila.

O México é considerado o país mais perigoso para a imprensa nas Américas, onde 14 jornalistas estão desaparecidos, segundo organizações jornalísticas. Para mais informações, consulte o mapa sobre ataques contra a imprensa do México organizado pelo Centro Knight para o Jornalismo nas Américas.



No comments

Comentar

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.
By submitting this form, you accept the Mollom privacy policy.


Assine o boletim semanal

Receba nosso boletim semanal sobre jornalismo nas Américas.

Escolha seu idioma:

English
Español
Português

Por favor, digite seu e-mail:

Facebook

Comentários recentes