Knight Center
Knight Center

Blog JORNALISMO NAS AMERICAS

No México, TVs abertas aceitam transmitir debate entre candidatos à Presidência em rede nacional




Diante da pressão do movimento estudantil “Yo Soy 132”, no México, o presidente da Televisa, Emilio Azcárraga, aceitou transmitir o próximo debate presidencial em rede nacional, pelo Canal 2, informou o Noticias MVS. Ricardo Salinas Pliego, presidente da segunda rede de TV de maior audiência, a TV Azteca, anunciou que fará o mesmo, pelo Canal 13, acrescentou o Informador.

No dia 6 de maio, as duas únicas redes de TV aberta do México, Televisa e TV Azteca, haviam se negado a mudar sua programação para transmitir o primeiro debate dos candidatos à Presidência, que só poderia ser visto nos canais fechados, explicou o El Financiero. Por conta disso, universitários apelaram ao Instituto Federal Eleitoral (IFE), à Secretaria de Governo e à sede da Televisa, na Cidade de México,
pedindo que o debate fosse transmitido em rede nacional, no próximo dia 10 de junho. A autoridade eleitoral disse que a transmissão em rede nacional de um debate não é obrigatória segundo a legislação atual, informou a Televisa.

Para o movimento Yo Soy 132, o debate é fundamental para que os cidadãos tomem uma decisão consciente nas eleições, marcadas para 1 de julho.

No dia 29 de maio, os integrantes desse movimento divulgaram um comunicado no qual afirmam que seu principal objetivo é defender a liberdade de expressão e o direito à informação no México. Esses estudantes também pedem mais transparência nos meios de comunicação e mais diversidade na TV aberta, dominada por apenas duas redes.



No comments

Comentar

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.
By submitting this form, you accept the Mollom privacy policy.


Assine o boletim semanal

Receba nosso boletim semanal sobre jornalismo nas Américas.

Escolha seu idioma:

English
Español
Português

Por favor, digite seu e-mail:

Facebook

Comentários recentes