Knight Center
Knight Center

Blog JORNALISMO NAS AMERICAS

Jornais americanos cortam versões impressas e se concentram na publicação online de notícias diárias




A partir deste outono, New Orleans se tornará a maior cidade americana sem um jornal diário impresso, de acordo com o Poynter. O Times-Picayune, um jornal de 175 anos da cidade de Louisiana, anunciou que vai diminuir a periodicidade do seu impresso para três vezes por semana e a cobertura diária ficará disponível somente online, explicou o Washington Post.

Um grupo no Facebook, o "Salve o Picayune", foi criado como um esforço para unir a cidade em prol da continuidade do jornal impresso, informou a rádio WWNO. O The New York Times observou que outros experimentos digitais que tiveram suas versões impressas cortadas, como em Michigan, têm se provado uma forma sustentável de evitar o fechamento completo do jornal, como ocorreu com o Rocky Mountain Times em Colo.

Três jornais de Alabama também estão diminuindo a periodicidade de suas versões impressas para três vezes por semana, segundo o Poynter. O Birmingham News, o Press-Register of Mobile e o The Huntsville Times limitaram suas coberturas diárias ao online neste outono, afirmou o site al.com.

O experimento digital de New Orleans pode se revelar complicado por causa do acesso limitado à Internet na cidade, observou o The New York Times. Ainda assim, limitar a versão impressa é uma forma de lidar com o declínio da circulação e das receitas publicitárias que continua a afetar a indústria de jornal.



No comments

Comentar

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.
By submitting this form, you accept the Mollom privacy policy.


Assine o boletim semanal

Receba nosso boletim semanal sobre jornalismo nas Américas.

Escolha seu idioma:

English
Español
Português

Por favor, digite seu e-mail:

Facebook

Comentários recentes